Assinatura RSS

Arquivo do mês: dezembro 2015

Super óleo 8 – Garnier

Oi gente,

Último post do ano e vou falar do finalizador que uso já faz algum tempo, o Super óleo 8 da Garnier.

super-óleo-8-garnier-low-poo-cabelo-isso-aquilo-e-tal

Esse produto é feito a partir de óleo natural de argan e camélia, mas tem também outros componentes. Ele é liberado para low poo e pode ter diversos usos. A marca diz que ele pode ser usado como finalizador, tanto no cabelo molhado quanto seco, como pré-escova, pra proteger o cabelo e como pré-shampoo, usando antes de lavar no comprimento também pra proteger. Eu adoro a embalagem, tem um pump que é ótimo pra regular a quantidade e evitar o desperdício. Só precisa tomar cuidado pra não vazar na hora de transportar e usar a tampinha que vem pra não acionar o pump na bolsa.

Eu não faço escova e não sinto necessidade de pré-shampoo, na verdade, com meu pouco comprimento, acho que nem conseguiria passar na extensão sem encostar na raiz, então uso só como finalizador. Meu cabelo é liso, curto, oleoso e está virgem, então não posso dizer que finalizar é algo essencial pra mim, usando só o shampoo e a máscara ele fica ótimo, mas vou contar pra vocês por que gosto desse produto.

Como eu disse, não é algo extremamente necessário, mas sinto que quando uso meu cabelo fica mais macio e bem mais gostoso de passar a mão (sou viciada em ficar passando a mão nos cabelos). Uso sempre com o cabelo ainda molhado e meio pump é suficiente. Acho que com o cabelo molhado ele se dilui um pouco e mistura melhor, não deixando os fios oleosos. Gosto principalmente em dias que pego muito sol e o cabelo fica mais ressecado, quando vou à praia, por exemplo.

super-óleo-8-garnier-textura-low-poo-cabelo-isso-aquilo-e-tal

A textura é bem líquida, não é muito espesso não. Não tirei foto no cabelo porque não dá pra perceber a diferença por foto, só no toque

Mas meu uso principal para esse óleo foi quando eu tinha cabelo platinado. Naquela época eu usava uns dois ou três pumps (e o meu cabelo era liso, fino e curto) e às vezes usava de manhã e antes de dormir. Achava que ele fazia uma grande diferença, meu cabelo estava muito ressecado e só ficava macio se eu fizesse escova (coisa que eu nunca fazia, só fiz no dia que fui descolorir no salão), esse Super óleo ajudava a ficar com o toque bem melhor.

Continuo usando e gosto muito, recomendo principalmente pra quem tem cabelos mais ressecados ou mais longos, com as pontas mais judiadas, pra quem tem química e pra cabelos cacheados e crespos. Pra esses últimos, eu não tenho nenhuma experiência, então não tenho certeza se é bom, mas imagino que sim, já que costumam se dar bem com óleos. Além disso ele tem um cheirinho bem gostoso que fica por um tempo nos cabelos.

super-óleo-8-garnier-fórmula-low-poo-cabelo-isso-aquilo-e-tal

É bem fácil de encontrar nas farmácias, o preço varia, mas achei entre R$15,00 e R$26,00.

Um ano novo e um 2016 maravilhosos pra todos vocês! Para me acompanhar sigam meu Instagram e a página do Facebook. Para receber os posts no seu e-mail, basta seguir o blog.

Beijos

recado

Refletindo – Não é preconceito, é gosto

Oi gente,

É muito comum que uma pessoa justifique certas escolhas, consideradas preconceituosas, como gosto pessoal.

“Não sou racista/ gordofóbico/ transfóbico/ preconceituoso em relação a deficientes, só não me atraio por negros/ gordos/ trans*/ deficientes”. Será? Não acho que a pessoa que diz isso está mentindo, realmente acredito que ela não se atraia, mas nem por isso quer dizer que não haja preconceito ou que a gente não tenha que refletir sobre.

Se o gosto fosse algo realmente pessoal a gente não veria um padrão tão claro e delimitado, haveria muito mais variedade em relação a padrão de beleza porque cada um se atrairia (não só no sentido sexual, mas de achar bonito mesmo) por pessoas completamente diferentes. Não haveria essas pessoas que são unanimemente bonitas, que todos acham lindas.

Desde que nascemos vamos aprendendo o que é ser bonito, atraente, desejável. O padrão de beleza aparece em todos os lugares, nos filmes, livros, propagandas, revistas, concursos de beleza… E a gente acaba, muitas vezes sem perceber, querendo alcançar esse padrão e acreditando que aquilo que a mídia coloca como bonito é realmente o que nós achamos bonito, que é uma opinião nossa, não que foi imposta.

Só que o padrão é sempre o mesmo, branco, loiro, olhos claros, magro, sem deficiências… Aquele que a gente está cansado de ver em todos os lugares e que é racista, heteronormativo, classista, homofóbico, transfóbico, gordofóbico…Ou seja, um padrão muito preconceituoso que quer isso mesmo, perpetuar todo preconceito. E aí, quando você se encaixa no padrão (e não tô falando de ser isso, tô falando de gostos, de concordar com a imposição de que a beleza é isso mesmo) você tá sim repetindo um padrão preconceituoso.

Então na verdade esse gosto não é seu, ele foi imprimido em todos nós desde que nascemos, e sim, ele é preconceituoso. Você pode apenas continuar insistindo que é seu gosto, ok, mas você pode também tentar desconstruir isso, fazer o exercício de enxergar novas belezas e questionar padrões. Começa colocando no Google homem mais bonito do mundo e mulher mais bonita do mundo.  Eu fiz isso, são pouquíssimos os negros, não tem nenhum gordo, nenhum deficiente, nenhuma mulher masculinizada ou homem afeminado entre tantas coisas que faltam.

E mesmo quando as minorias entram nessa categoria de beleza ainda podemos ver a padronização. Entre uma enorme maioria branca, aparece uma negra com destaque na novela, ela provavelmente vai ter o nariz fino e os traços “delicados” da mulher branca. A lésbica da novela sempre é super feminina, porque ser lésbica tudo bem, mas ser machinho, aí já é vandalismo. Não tô dizendo que só existem lésbicas mais masculinas, tô dizendo que há uma padronização na representação, como se não houvesse variedade.

gosto-construção-social-Lupita-Nyongo-racismo-preconceito-isso-aquilo-e-tal

Eleita a mulher mais bonita do mundo em 2014 pela revista People. Muita gente discordou dizendo que o problema não era ela ser negra, mas não ser tão bonita. E citavam Halle Berry, que tem os traços mais finos, o cabelo que não é crespo e a pele mais clara, como comparativo. É racismo sim. Fonte da foto: http://www.bet.com/topics/l/lupita-nyong-o.html

Repensar gosto não é uma tarefa fácil, muitas vezes ele está tão incrustado, que não conseguimos ver além, pelo menos não de imediato. Mas é um exercício, se questionar e tentar, cada dia um pouquinho, ver a beleza além da que aparece na mídia. Eu faço esse exercício todos os dias, ainda não venci, mas tô melhorando bastante, cada dia uma pequena vitória.

Para me acompanhar sigam meu Instagram e a página do Facebook. Para receber os posts no seu e-mail, basta seguir o blog.

Beijos

recado

Ratatoullie

Oi gente,

Hoje vou mostrar pra vocês uma receita bem simples e deliciosa, ratatouille.

ratatoullie-pronto-receita-comida-vegetariano-vegan-abobrinha-berinjela-isso-aquilo-e-tal.jpg

Já passou o almoço de Natal, mas fica a ideia pro Ano novo, quem sabe. Principalmente se você tiver um vegetariano ou vegano na família. Essa minha mãe que fez. As fotos são da Mariana Moraes (minha cunhada). Não dá muito trabalho, é bonito e muito gostoso. Se tiver algum ingrediente que você não gosta é só trocar.

Ingredientes:

ratatoullie-ingredientes-receita-comida-vegetariano-vegan-abobrinha-berinjela-isso-aquilo-e-tal.jpg

600g de berinjela;

600g de abobrinha;

170g de pimentão;

1 tomate grande;

1 cebola grande (a gente usou uma média e uma pequena);

2 dentes de alho;

Azeite, sal e orégano para temperar

Modo de fazer:

ratatoullie-cortados-receita-comida-vegetariano-vegan-abobrinha-berinjela-isso-aquilo-e-tal

A gente começa cortando os ingredientes, abobrinha e berinjela em rodelas, o pimentão em tiras, o tomate e a cebola em gomos e o alho espremido.

ratatoullie-montado-receita-comida-vegetariano-vegan-abobrinha-berinjela-isso-aquilo-e-tal.jpg

Aí coloca papel alumínio no fundo de uma travessa que possa ir ao forno, deixando o papel sobrar pra cobrir os ingredientes e depois mistura todos os ingredientes nessa travessa e tempera. Nesse dia usamos orégano, azeite e sal a gosto.

Cobre o ratatouille com o papel alumínio e leva ao forno médio por 45 minutos.

E está pronto pra servir, fica uma delícia.

ratatoullie-pronto-3-receita-comida-vegetariano-vegan-abobrinha-berinjela-isso-aquilo-e-tal.jpg

Se fizerem postem fotos e me marquem.

Para me acompanhar sigam meu Instagram e a página do Facebook. Para receber os posts no seu e-mail, basta seguir o blog.

Beijos

recado

Base ColorStay Revlon

Oi gente,

Sempre ouvi dizer que a base Colorstay, da Revlon era muito boa e não muito cara, será?

base-revlon-colorstay-maquiagem-isso-aquilo-e-tal

A minha eu comprei no free shop do Uruguai, então paguei um preço bem bom mesmo, acho que, na época, o equivalente a R$29,00 (dá pra ver o preço na etiqueta, U$14,50). Os produtos da Revlon nesse free shop não tinham mostruário, então chutei a cor e acabei escolhendo uma um pouco mais escura do que a minha pele. Ela fica ideal quando tomo muito sol no verão. Claro que isso foi culpa minha (mais ou menos, né? Se tivesse provador eu teria acertado), não da base. Escolhi a versão para pele oleosa (oily skin), que é meu caso, mas ela tem também uma versão pra pele normal e seca (normal/dry). Nessa outra versão a tampa é revestida de um plástico brilhante.

Mesmo um pouco escura, consigo usar bem, coloco pouco produto na mão e espalho com um pincel duo fiber. Se eu não espalhar bem dá pra ver a diferença, mas espalhando bastante fica bom. Eu comprei na cor 340 Early tan. Segundo a marca essa base dura o dia inteiro com um acabamento suave e delicado por causa da tecnologia SoftFlex e não transfere, não borra nem mancha, garantindo horas de conforto. É livre de óleo e controla o brilho da pele.

base-revlon-colorstay-maquiagem-textura-isso-aquilo-e-tal

O que eu achei, ela tem uma cobertura alta, cobre bastante e tem uma duração muito boa mesmo, dura o dia inteiro mesmo em dias muito quentes de verão carioca. Ela também rende bem, dá pra espalhar bastante. A minha está acabando agora, mais ou menos um ano e meio depois que abri, mas eu não uso maquiagem todos os dias.

Eu não achei que ela fica sequinha não, no meu rosto sinto pegajosa e consigo sentir o dia inteiro que estou de base. Também achei que deixa a pele um pouco grudenta, sabe? Acabo aplicando pó por cima, mesmo nos dias menos quentes, pra tirar essa sensação mais pegajosa. Achei também que ela transfere, meu celular fica sempre sujo, mas não transfere demais, de sujar a roupa dos outros nem nada disso. Eu prefiro também bases mais leves, mas nesse ponto ela realmente cumpre o que promete, alta cobertura. O FPS 6 eu realmente não entendo, um FPS tão baixo não faz diferença nenhuma, vou ter que continuar usando protetor solar, então se tirasse eu não ia sentir nenhuma diferença.

base-revlon-colorstay-maquiagem-natural-isso-aquilo-e-tal

Pele natural

base-revlon-colorstay-maquiagem-pele-isso-aquilo-e-tal

Só com a base

base-revlon-colorstay-maquiagem-pronta-isso-aquilo-e-tal

Maquiagem pronta

É uma base fácil de achar em farmácias e perfumarias e não é muito cara, entre R$60,00 e R$70,00. No Brasil só temos quatro cores disponíveis, de acordo com o site (o que eu acho bem problemático), mas lá fora tem uma gama de cores bem variada. Pra quem gosta de cobertura alta pode ser uma boa opção. Eu não compraria de novo, mas conheço tanta gente que adora essa base, que fico achando que o problema foi comigo. O que mais me incomodou foi a textura pegajosa e eu sentir o dia inteiro que estava usando base. Se eu botava os dedos no rosto já sentia eles meio que grudando, sabe? Vou usar até o fim (mais uma ou duas vezes), mas não compraria novamente.

Para me acompanhar sigam meu Instagram e a página do Facebook. Para receber os posts no seu e-mail, basta seguir o blog.

Beijos

Refletindo – “erros” de Português

Oi gente,

Eu já falei por aqui que fiz Letras, e quando eu falo isso é bem comum as pessoas falarem coisas como “agora vou prestar atenção nas palavras que vou usar”.

livros-estante-pedantismo-academia-universidade-faculdade-texto-complicado-discurso-issoaquilo-e-tal

Parece que ser formado em Letras nos torna uma gramática ou dicionário ambulantes e vamos sair corrigindo todo mundo, mas, pelo menos a formação que eu tive, foi muito diferente disso. Na faculdade aprendemos, por exemplo, que a língua é viva e muda com o tempo. Não só do latim para o Português, mas também dentro do próprio Português. Novas palavras vão sendo criadas o tempo todo a cada novidade que surge e as gírias são substituídas ao longo do tempo.

Aprendemos também que não existe erro em língua para o falante nativo, o que existe são variantes, variedade do Português. Claro que uma criança, que ainda está aprendendo pode cometer erros, ou um estrangeiro também, mas um falante de Português mesmo, fala Português sim, mesmo que fale coisas diferentes do que a gramática diz. Os donos da língua (se é que isso existe) somos nós, falantes, não os gramáticos. A língua não foi criada a toa, ela tem um propósito, que é o de comunicar. E ela deve cumprir esse papel, uma pessoa fala e a outra entende.

O problema é que ela é usada também com instrumento de poder, por isso que existe uma língua considerada certa, a que a gente aprende na escola, já excluindo quem não tem acesso a ela, e outras consideradas erradas. Nas universidades muitas aulas são dadas com uma linguagem que não é todo mundo que entende, muitos médicos também usam nomes técnicos, o que afasta os pacientes, as leis, que deveriam ser para todos, são incompreensíveis para a maioria da população. E desse jeito a gente vai excluindo quem não sabe a tal “língua certa”

variação-linguística-preconceito-português-refletindo-isso-aquilo-e-tal

Quem definiu que “os meninos” é mais certo do que “os menino”? Se a gente ouve qualquer um deles a gente entende muito bem e sabe que querem dizer a mesma coisa, os dois cumprem o papel de comunicar com a mesma eficiência, por que um é considerado certo e o outro errado? Ao mesmo tempo que você pode dizer que o certo é o que concorda, então temos que pôr tudo no plural, podemos argumentar que não precisa, fica redundante, se eu digo “os”, já se entende que é plural, então posso usar “menino”. Se tem muita gente falando assim, por que não pode ser também certo, quem define qual o certo?

E esse preconceito leva a muitas outras coisas, é bem comum vermos pessoas desmerecendo o discurso e a argumentação de outras pessoas por causa de “erros de Português”. A frase “primeiro aprende Português, depois vem falar comigo” é horrível, é cruel. Todo falante nativo sabe Português e ele não usar a norma culta não inviabiliza a argumentação e os motivos dele. Se você não tem resposta ou apenas não quer discutir, diga isso, invente outra desculpa, mas não seja preconceituoso, não inferiorize as pessoas pela língua (ou, por motivo nenhum). Vamos respeitas as diversas variedades existentes.

Para me acompanhar sigam meu Instagram e a página do Facebook. Para receber os posts no seu e-mail, basta seguir o blog.

Beijos

Mousse de chocolate

Oi gente,

Hoje quero mostrar uma receita de mousse super simples e muito gostosa.

mousse-de-chocolate-sobremesa-doce-receita-pronta-isso-aquilo-e-tal

Ingredientes

mousse-de-chocolate-sobremesa-doce-receita-ingredientes-isso-aquilo-e-tal

4 ovos;

meia xícara de café bem forte. Dá pra usar também café em pó solúvel;

4 colheres de sopa de açúcar;

1/3 de xícara de chá de leite;

160g de chocolate meio amargo picado, um pouco mais de uma barra;

100g de manteiga.

Modo de fazer

mousse-de-chocolate-sobremesa-doce-receita-cremes-isso-aquilo-e-tal

Em uma panela em fogo baixo, mistura o chocolate picado, o leite, a manteiga e o café e vai mexendo até derreter todo o chocolate e ficar uma mistura bem homogênea e reserve.

Em outro recipiente a gente vai bater as 4 gemas e o açúcar até virar um creme quase branco. Eu usei a batedeira mesmo, fica mais fácil.

Aí junta essa mistura na primeira e mexe bem, deixando homogêneo.

mousse-de-chocolate-sobremesa-doce-receita-misturando2-isso-aquilo-e-tal

Aí vamos bater as 4 claras em neve.

Quando estiverem em ponto de neve é só misturar as duas partes, a clara e o creme com chocolate e os outros ingredientes. Mistura com cuidado pra tentar deixar o mais aerado possível, mas é claro que a clara vai perdendo a fofura e ficando mais líquida.

Aí é só colocar no recipiente que vai ser servido (podem ser tacinhas individuais também) e levar pra geladeira. Como a minha é bem lenta, deixei no congelador e depois baixei pra geladeira, se a sua for boa, em umas 4h deve estar pronto.

mousse-de-chocolate-sobremesa-doce-receita-pedaço-isso-aquilo-e-tal

Aí é só servir, fica uma delícia.

Como usei o chocolate meio amargo e o café ela não fica muito doce, mas se você preferir, dá pra usar chocolate ao leite. Se fizerem, postem foto e me marquem.

Para me acompanhar sigam meu Instagram e a página do Facebook. Para receber os posts no seu e-mail, basta seguir o blog.

Beijos

Meus batons neutros com emoção

Oi gente,

Semana passada eu mostrei pra vocês meus batons mais neutros, agora quero mostrar os que ainda são neutros, mas com uma certa emoção.

batom-nude-cor-de-boca-com-emoção-mac-ppf-tblogs-nyx-isso-aquilo-e-tal

Eu gosto muito desse tipo de batom, porque não saem muito da minha zona de conforto, não chegam a ser coloridos ou escuros, mas dão uma graça a mais no visual, não fica só no cor de boca.

Stockholm – NYX

batom-swatch-swatch-stockholm-nude-cor-de-boca-com-emoção-nyx-isso-aquilo-e-tal

Entre os quatro de hoje ele é com certeza o mais cor de boca, o mais neutro, mas ele dá uma puxada pro alaranjado que eu acho que dá uma graça. Ele é um líquido mate, até já falei dele, mas não fica exatamente mate, tem uma textura que lembra mais um mousse. Fica sequinho sim, mas não tanto quanto os outros desse tipo que eu tenho, ele acaba sendo bem mais confortável.

A duração é boa, principalmente que batons dessa cor costumam sair mais rápido. Se comer algo oleoso, claro que vai ter que aplicar e se for ficar o dia inteiro com ele, vai sair no centro dos lábios. Mas o contorno se mantém e não é difícil reaplicar.

O meu uma amiga trouxe de viagem, mas tem pra vender no Brasil sim, custa R$49,00 e tem online ou em lojas físicas em alguns lugares do Brasil.

Please me – MAC

batom-swatch-swatch-please-me-nude-cor-de-boca-com-emoção-mac-isso-aquilo-e-tal

Esse já é bem mais rosado, perto dos outros ele parece bem rosa mesmo, mas é mais puxado pro neutro sim. A textura dele é mate, mas o mate da MAC não é extremamente seco não, é fácil de passar e fica bem confortável nos lábios. Mas também não dá pra dizer que ele é hidratante, se seus lábios estiverem rachados as pelinhas vão ficar marcadas.

A duração é ótima, mas depois de comer vai ter que retocar e ele transfere um pouco sim. O contorno vai se manter, mas por ele ter uma cor discreta não vai ficar aquela marca super visível no contorno sem preenchimento.

Custa R$69,00 e dá pra comprar nas lojas físicas e online da MAC e na online da Sephora

Angel – MAC

batom-swatch-swatch-angel-nude-cor-de-boca-com-emoção-mac-isso-aquilo-e-tal

Esse é dos meus últimos batons da MAC que comprei, ele é um rosa bem clarinho e é o batom mais nude que eu tenho, tanto que só consigo usar se marcar mais os olhos. Ele varia bastante dependendo do tom de pele, e acho que existem versões dele que têm mais brilho, pelo menos uma amiga disse que nela fica prateado. O dela é de uma coleção limitada e realmente tem muito mais brilho que o meu.

Ele é frost, a linha mais metálica e brilhosa da MAC, mas em mim ele não fica brilhoso. Ele entrega cor razoavelmente, mas é também bem cremoso e um pouco hidratante. Eu não sofro de lábios ressecados, então pra quem não tem problemas com isso, pelo menos, ele é ótimo. Naturalmente tem que retocar durante o dia.

Custa R$69,00 e dá pra comprar nas lojas físicas e online da MAC e na online da Sephora

Bela – Tblogs

batom-swatch-swatch-bela-nude-cor-de-boca-com-emoção-ppf-tblogs-isso-aquilo-e-tal

Já fiz uma resenha só sobre esse batom, é a minha aquisição de maquiagem mais nova e estou totalmente apaixonada por ele. Ele é muito sequinho, tipo um retrô mate da MAC, o mais sequinho e que menos transfere de toda essa lista. Ele é marsala, a cor do ano de 2015, uma mistura de rosa e marrom incrível.

A duração é ótima, só precisa retocar se comer algo mais oleoso mesmo, ou se passar muito tempo com ele. Eu nunca precisei retocar só pelo tempo, sempre porque comi alguma coisa. Claro que não é tão confortável nos lábios quanto os outros, então se isso pra você é uma questão, pense bem antes de comprar. Fora isso recomendo pra todo mundo, é amor verdadeiro mesmo.

Ele só é vendido no site da Tblogs, custa R$29,26.

batom-swatch-swatch-nude-cor-de-boca-com-emoção-mac-ppf-tblogs-nyx-isso-aquilo-e-tal

batom-swatch-swatch-nude-cor-de-boca-com-emoção-vult-mac-maybelline-ppf-tblogs-nyx-isso-aquilo-e-tal

Os batons da semana passada e os dessa semana. Da esquerda para a direita: Bela da Tblogs, Angel da MAC, Please me da MAC, Stockholm da NYX, Brave da MAC, 04 mate da vult, Hug me da MAC e Nude brown da Maybelline.

Para me acompanhar sigam meu Instagram e a página do Facebook. Para receber os posts no seu e-mail, basta seguir o blog.

Beijos

Refletindo – por que eu uso maquiagem?

Oi gente

Eu já falei algumas vezes sobre a beleza natural e da gente não ser obrigada a estar sempre maquiada e perfeita, então por que eu, que defendo a beleza natural, ando maquiada?

essenciais-maquiagem-make-vult-tracta-maybelline-lime-crime-quem-disse-berenice-qdb-boticário-mac-isso-aquilo-e-tal

Todos nós nascemos em uma sociedade que nos impõe um monte de padrões e um monte de coisas que mudam dependendo da época, do lugar, classe social, da idade, religião, sexo e várias outras coisas. Por mais que a gente não se jugue vítima da moda ou pretenda não seguir padrões impostos, é muito difícil conseguir se livrar deles. Só a gente olhar uma foto de pessoas há 20 ou 30 anos e de pessoas de agora, bem provável que a gente ache estranho a foto mais antiga, o cabelo dos anos 80, por exemplo. E isso fica ainda mais óbvio se olhamos imagens mais antigas. Claro que tem gente que pode amar a moda do século XVIII, mas daí  a usar na rua os vestidos e espartilhos da época, tem uma enorme diferença.

Não dá pra acreditar que todo mundo mudou de gosto junto, né? O que a gente considera como roupa normal hoje é uma imposição da moda. E as coisas podem até ser mais livres do que há décadas atrás, mas não dá pra negar que existe um padrão que é seguido por quase todo mundo, não importa se você é ligado ou não na moda, compra ou não roupa todo mês.

colossal-maybelline-cílios-rímel-máscara-aplicador-isso-aquilo-e-tal

Mas voltando pra maquiagem, eu, particularmente, até que nasci em um ambiente que incentivou pouco esse uso, vejo meninas bem pequenas já maquiadas enquanto eu, com meus dez anos pedi maquiagem pra minha mãe pra me fantasiar de vampira, não fazia ideia do que era um rímel ou blush. Aliás, foi através da maquiagem artística que comecei a me interessar por maquiagem. Comecei procurando tutoriais de maquiagem de monstro, sangue, feridas… E, através deles, cheguei em vídeos de maquiagem normal. Eu achava aquilo bonito, que dava um efeito bonito e decidi treinar e aprender.

Foi aí que eu comecei a usar maquiagem conscientemente, mas na verdade sei que não foi completamente uma escolha, foi uma imposição social, todas as mulheres consideradas bonitas na mídia estão maquiadas, mesmo aquelas que parecem que não estão têm a pele sem manchas ou marcas, as bochechas coradas e os cílios longos, curvados e volumosos. Se alguém me perguntar, eu vou dizer que uso maquiagem porque adoro, me divirto mesmo e acho que fica bonito, não mais bonito que a pele natural, mas um bonito diferente. Ok, mas será que é só isso mesmo?

essenciais-maquiagem-make-blush-vult-tracta-intense-boticário-mac-isso-aquilo-e-tal

Eu saio de cara limpa com bastante frequência, no dia a dia só me maquio se realmente estiver afim e prefiro dormir mais cinco minutos do que me maquiar de manhã. Mas ok, sair de dia sem maquiagem é bem normal, pelo menos aqui no Rio, vejo muita gente sem. Mas e se eu tiver uma festa ou for sair de noite em um dia que eu não esteja com vontade de me maquiar? Pronto, todo aquele discurso de eu faço apenas porque quero acabou, eu não iria de cara limpa em um casamento. E olha que nem é nada demais, não tô falando de ir pelada ou de biquíni, tô falando de ir sem maquiagem, que nem todos os homens vão.

Estou escrevendo esse post aqui, não para convidar todas a invadirem festas sem maquiagem, mas pra gente refletir sobre essa imposição (e as milhões de outras que nos fazem) e ver que, mesmo quando parece ser uma escolha, muitas vezes não é. Por isso eu digo que, ir em um lugar onde todos esperam que você vá maquiada sem estar maquiada, é um ato político, romper essas imposições são atos políticos.

pincel-viagem-necessaire-isso-aquilo-e-tal-makeb-o-boticario-coastal-scents

Para me acompanhar sigam meu Instagram e a página do Facebook. Para receber os posts no seu e-mail, basta seguir o blog.

Beijos

Atualizando meu cronograma capilar

Oi gente,

Já faz um tempo que contei pra vocês como estava sendo meus cuidados com os cabelos, né?

cabelo-cronograma-capilar-produtos-isso-aquilo-e-tal

Pois é, na época eu estava com o cabelo bem descolorido e fragilizado, seguia o cronograma capilar apenas com nutrição e reconstrução, não fazia hidratação. Agora estou com os cabelos virgens, que são naturalmente oleosos e bem fortes, são fininhos, mas chegaram no platinado ainda relativamente saudáveis, só foram quebrar no segundo retoque de raiz. Não dava mais pra continuar tratando igual, né?

Por isso vim aqui fazer um post de atualização, de como é meu cronograma capilar atual. O shampoo eu mantive o mesmo, apesar do meu cabelo ser oleoso, ele se dá bem com esse shampoo da Phytoervas. Mantive também a ideia de um creme base que vou batizando dependendo do dia da semana e do mês, eu estou usando um Seda, bem cheiroso e liberado pra Low poo.

Continuei também lavando os cabelos apenas três vezes na semana. Pode parecer impossível para quem tem cabelo oleoso, mas pra mim funciona, inclusive achei que diminuiu bem a oleosidade diminuindo as lavagens.

seg qua sex
Hidratação Hidratação Nutrição
Hidratação Hidratação Nutrição
Hidratação Nutrição Reconstrução

Como meu cabelo está bastante saudável e a etapa referida dele é a hidratação, não tenho feito umectação, mas se seu cabelo gosta mais de óleos ou suas pontas estão um pouco ressecadas, acho que é uma boa ideia incluir.

Hidratação

cabelo-cronograma-capilar-hidratação-isso-aquilo-e-tal

Tenho usado glicerina líquida, mas pretendo revezar com o Bepantol líquido também, deixam meu cabelo bem macio e sedoso. Como é a etapa preferida do meu cabelo virgem, é a que mais faço. Uso uma colher de sobremesa de creme, mais ou menos, para umas 4 gotas de glicerina ou Bepantol. Eu uso tão pouco creme porque tenho os fios bem curtos e não são ressecados, então essa quantidade deixa o cabelo inteiro com creme, sem exageros.

Nutrição

cabelo-cronograma-capilar-nutrição-isso-aquilo-e-tal

Continuo usando óleo de argan e de coco, ambos extra virgens. Como diminuí bem a quantidade de nutrições (antes eu fazia duas por semana), os óleos vão durar uma eternidade. Como o de coco fica sólido no frio (é totalmente normal), eu acabo usando mais nos dias de calor e deixando o de argan pros dias mais frios. Quem procura definição de cachos costuma gostar muito de nutrição, meu cabelo é liso e não tenho nada pra definir, então acabo fazendo menos vezes. A proporção é a mesma da nutrição, uma colher de sobremesa de creme para umas 4 gotas de óleo.

Reconstrução

cabelo-cronograma-capilar-reconstrução-isso-aquilo-e-tal

Estou usando só a queratina líquida da Bioextratus mesmo e acho suficiente. Já pensei em testar gelatina incolor, quando eu testar conto pra vocês o que achei. Reconstrução é bom pra cabelos mais frágeis e elásticos, foi com ela que salvei o meu. Agora faço uma vez só a cada 3 semanas. Coloco quatro gotas da queratina em uma colher de creme também.

Eu não controlo exatamente o tempo de pausa, deixo no cabelo durante o tempo do banho e aproveito pra esfoliar corpo e rosto. Pra finalizar uso o super óleo 8 da Granier.

Para me acompanhar sigam meu Instagram e a página do Facebook. Para receber os posts no seu e-mail, basta seguir o blog.

Beijos

Meus batons neutros cor de boca

Oi gente,

Com certeza a maquiagem que eu mais vario é o batom e, entre os que tenho, com certeza o tom que mais se repete são os cor de boca.

batom-nude-cor-de-boca-mac-maybelline-vult-isso-aquilo-e-tal

Eu não sou uma pessoa que tem milhões de batons não, sempre que vou comprar um novo olho se já não tenho algo parecido ou quando compro parecido já me desfaço do antigo. Mas isso não acontece quando se tratam dos cor de boca. Não tenho nenhum dupe ou irmão gêmeo, mas tenho batons que fazem o mesmo efeito na maquiagem. Mesmo assim, são só 4 e não penso em adquirir novos desse tipo.

Nude brown – Maybelline

batom-nude-brown-nude-cor-de-boca-maybelline-isso-aquilo-e-tal

Esse é um dos batons ais cremosos que eu tenho, ele é bem translúcido e a cobertura é leve, varia bastante dependendo do seu tom de pele e cor da boca. Ele é mais puxado pro rosado e tem um tom nude, mas em mim não chega a apagar a boca ou deixar com aspecto de morto.

Por ser muito cremoso, não tem uma duração maravilhosa e deve ser reaplicado depois de comer e depois de algumas horas também. Mas se você não replicar, ele não fica feio ou estranho, vai saindo aos poucos e nem percebemos muito. Também não precisa de espelho ou tanto cuidado, é bem fácil de passar. Por ser bem cremoso ele é ótimo pra quem gosta de lábios hidratados e quer algo que não marque as pelinhas, perfeito pros dias mais frios.

Custa em torno de uns R$20,00. Parece que esta linha está descontinuada, mas ainda encontro em algumas farmácias e nas Lojas Americanas. E a Maybelline acabou de lançar muitas cores de batom, bem provável achar um substituto na mesma faixa de preço.

Hug me – MAC

batom-hug-me-nude-cor-de-boca-mac-isso-aquilo-e-tal

Esse é o batom que eu mais usei na vida, o que está mais perto de acabar. Lembra bastante o Nude brown, mas é bem menos rosado, puxa mais pro caramelo. O acabamento é bem parecido, bem cremoso e translúcido, Lustre, da MAC. Também não chega a deixar aquele nude apaga boca, eu acho que ele deixa os lábios com cara de “nem tô usando nada, minha boca é linda”, sabe? Não tem cara de que está usando batom.

A duração também não é longa, tem que reaplicar algumas vezes durante o dia e sempre depois de comer. Mantém os lábios hidratados e é perfeito pros dias frios ou aqueles que você não quer parecer maquiada.

Custa R$69,00 e dá pra comprar nas lojas físicas e online da MAC e na online da Sephora

Cor 04 matte – Vult

batom-04-matte-nude-cor-de-boca-vult-isso-aquilo-e-tal

Eu acho que não existe mais essa linha da vult pra vender, pelo menos não achei no site dele. Lembro que na época lançaram dez cores de batons mate, foi logo quando começou essa moda de mate e todas as marcas lançaram suas linhas. Eu comprei duas cores, esse e um rosa. Embora prometa ser mate, ele não é totalmente opaco não. É bem menos cremoso que os dois primeiros e entrega muito mais cor, mas ainda tem uma cremosidade e brilha com a luz, eu diria que é equivalente a um acabamento Satin na MAC.

A duração dele é muito maior que a dos outros dois e, ainda assim, ele é muito confortável, não resseca os lábios, mas também não acho que hidrate. A cor é na mesma linha dos outros, mas puxa um pouco mais pra um marrom telha, mesmo sendo bem mais claro que o marrom. Dá pra ver no swatch comparativo que ele é bem mais avermelhado. Ele também dá um tom de lábios naturalmente bonitos, mas pela textura menos cremosa, dá pra ver que estamos de batom.

Acho que na época custou uns R$10,00, mas não está mais disponível.

Brave – MAC

batom-brave-nude-cor-de-boca-mac-isso-aquilo-e-tal

Esse foi o primeiro batom que comprei da MAC (junto com o Rebel) e tem acabamento Satin, entrega bastante cor, mas sem ser muito opaco ou ficar desconfortável. Ele tem uma duração razoável, mas depois de comer precisa reaplicar. Eu acho bastante confortável, mas não é super hidratante não, ele é mais pro lado sequinho.

É o meu batom preferido pra quando quero sair a noite e quero carregar mais no olho e deixar a boca mais discreta. Escolho ele porque, além da cor linda, tem uma duração bem digna e não vou precisar retocar tanto. Além disso, por ser mais sequinho ele também transfere menos.

Custa R$69,00 e dá pra comprar nas lojas físicas e online da MAC e na online da Sephora

batom-nude-cor-de-boca-swatches-mac-maybelline-vult-isso-aquilo-e-tal

Semana que vem quero mostrar pra vocês os batons neutros, mas com alguma emoção, que fogem desse cor de boca mais rosado, mas sem serem de fato batons coloridos.

Para me acompanhar sigam meu Instagram e a página do Facebook. Para receber os posts no seu e-mail, basta seguir o blog.

Beijos