Assinatura RSS

Cronograma capilar – Introdução

Oi gente,

Hoje quero falar um pouco de cuidados com os cabelos. Como sei que esse assunto é bem extenso, já vi que isso vai virar uma série de posts também. Atualmente vejo bastante gente falando do cronograma capilar, mas quando eu comecei, em 2012, não ouvia tanta gente falando nisso. Pra quem não conhece, vou apresentar esse método de cuidar dos cabelos.

Ele se baseia em tratamento contínuo e adaptado para o que o cabelo precisa. Nesta teoria aprendemos que precisamos repor água, óleos e proteína para o cabelo ser saudável. Então o tratamento busca repor essas substâncias dependendo das necessidades de cada cabelo.

Pois bem, mas o cronograma não é aceito por todo mundo e já ouvi muita gente dizendo que é besteira e não funciona. Bom, eu já tenho experiência há alguns anos e em mim posso dizer que funciona sim. Claro que seu cabelo não voltará a ser virgem, mas o tratamento contínuo traz melhoras sim.

Gosto de usar uma metáfora para mostrar meu ponto de vista. Vamos comparar o cabelo a uma estrada. A estrada nova é o cabelo virgem. Existem estradas que sofrem muito pouco, recebem apenas carros e motos e demoram anos para estragarem. Essas são como os cabelos virgens fortes e resistentes, sofrem a ação do sol, vento, cloro, shampoo, mas quase não percebemos os estragos, principalmente se a pessoa corta com frequência. Outras estradas recebem caminhões diariamente, ou estão muito perto do mar e sofrem com a maresia, são como cabelos que recebem poucas químicas, cabelo de quem usa muito secador, chapinha, baby liss, ou cabelos naturalmente mais frágeis. Existem ainda aquelas estradas que ficam em áreas de terremoto. Essas eu comparo com químicas mais pesadas ou uso de diversas químicas (oi cabelos platinados).

DSC_0003

Pois bem, a manutenção de cada uma das estradas será diferente, mas com o tempo todas vão sofrer danos e ter alguns (ou muitos) buracos. E então, se não há planos do governo de fazer uma nova estrada, colocamos areia nos buracos. A areia vai melhorar a aparência da estrada sim, assim como um creme pode melhorar a aparência do cabelo, mas jamais deixará as estradas como se fossem novas, para isso é preciso tirar o asfalto velho e colocar um novo. Ou cortar o cabelo estragado e deixar crescer o novo. Os cremes servem como uma ajuda e podem melhorar muito o aspecto do cabelo, mas não vai trazer seu cabelo virgem de volta. Por isso não adianta passar o creme uma vez e achar que o problema estará resolvido. É como a areia que a gente coloca para tapar o buraco, ela vai sair e vamos precisar recolocar mais sempre, até decidir trocar o asfalto.

Lógico que a alimentação também é muito importante, uma má alimentação ou problemas emocionais podem interferir muito na saúde dos fios.

Bom, mas e o cronograma? Para seguir o cronograma precisaremos mudar um pouco o nosso ritual de banho, ao invés de passar shampoo e depois condicionador, vamos passar o shampoo e depois uma máscara de tratamento. Pode ser uma daquelas de três ou cinco minutos, essas máscaras são mais potentes que o condicionador normal. O tempo que eu deixo a máscara é mais ou menos o mesmo que eu deixava o condicionador, a diferença é que não uso sempre a mesma máscara e faço um pouco de massagem nos fios, deixando eles bem desembaraçados e soltinhos.

Aos poucos, nos próximos posts, vou explicar melhor como mudar essa rotina e como repor os nutrientes que seus cabelos precisam.

Já ouviu falar do cronograma? Já usou? Me conta nos comentários.

Beijos

Anúncios

»

  1. Oi,Ju!

    Eu comecei com o cronograma no início de 2013, logo após que cortei chanel. Você sabe que sou usuária assídua da chapinha e como na época o meu cabelo estava bem curtinho, as passadas de prancha se tornaram mais constantes e ele ficou com muitas pontas duplas.
    Mais tarde, no mesmo ano, comecei com o low poo e aí sim meu cabelo melhorou bastante. No ano passado, iniciei a co-wash que fez meus cabelos melhorarem ainda mais em relação às pontas duplas. Hoje faço o cronograma de acordo com a necessidade e uso a chapinha uma ou duas vezes por semana, nos outros dias uso o cabelo natural sem medo de parecer um leãozinho 🙂
    Beijos!!!

    Gih

    Curtir

    Responder
    • Gih! Lembro da gente conversando sobre cremes de hidratação nas aulas de sociologia da educação, foi pouco depois daquilo que comecei. Eu comecei a tentar low poo também, principalmente pra incentivar o Filipe (até quero falar disso aqui), mas fiz uma tentativa de co-wash e pra mim não deu certo, meu cabelo é oleoso, a raiz tá virgem, ficou mais limpo do que estava, mas ainda parecendo sujo. Que ótimo que você ta usando cabelo natural!
      beijos

      Curtir

      Responder
      • No início a minha co-wash não tinha nada dado certo, mas, depois de pesquisar pela net, vi que muitas pessoas tinham se dado bem com o condicionador Garnier STOP Queda. Testei e funcionou pra mim também. Deixa meu cabelo com o mesmo aspecto de uma lavada com xampu sem sulfato.

        Beijos ;*

        Curtir

      • vou catar esse na farmácia da próxima vez, fiz com yamasterol amarelo e não tirou a oleosidade.
        beijos

        Curtir

  2. Pingback: Cronograma capilar – Shampoo | Isso, aquilo e tal

  3. Pingback: Cronograma Capilar – Hidratação | Isso, aquilo e tal

  4. Pingback: Saga: cabelo platinado | Isso, aquilo e tal

  5. Pingback: Lidando com o calor | Isso, aquilo e tal

  6. Pingback: Condicionador Seda Pureza refrescante | Isso, aquilo e tal

  7. Pingback: Atualizando meu cronograma capilar | Isso, aquilo e tal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: