Assinatura RSS

Arquivo do mês: maio 2015

5 coisas que aprendi morando “sozinha”

Oi gente,

Já faz mais de 8 meses que saí da casa do meus pais e estou morando em Floripa e vim dizer pra vocês cinco coisas que aprendi nesses meses morando “sozinha” (não moro sozinha de fato, mas quis dizer sem os pais).

vassoura

1 Não importa quanto você limpe a casa, sempre vai ter poeira

Não importa se você acabou de fazer faxina, sempre tem poeira no chão. Poeira brota, se reproduz, sei lá, e meu piso é branco e qualquer sujeira parece que grita. Ou você vira a louca da limpeza ou se acostuma. Preferi a segunda opção.

cabelo

2 Cabelos caem de um modo assustador

Antes fosse só poeira, mas cabelos caem loucamente. Na sala, no travesseiro, no banheiro… Sempre tem cabelo no chão.

produtos

3 Produtos de limpeza são caros e acabam super rápido

Ok, quando planejei sair de casa as compras era uma das minhas preocupações, mas só pensava em comida, nunca ia lembrar de produtos de limpeza. E eles acabam super rápido (claro, poeira e cabelo se multiplicando, haja faxina) e não são tão baratos assim.

Me fala em temperos frescos e só mostra os secos? Os frescos estragaram, de verdade, joguei uma cebolinha fora hoje.

Me fala em temperos frescos e só mostra os secos? Os frescos estragaram, de verdade, joguei uma cebolinha fora hoje.

4 Temperos frescos vão estragar

Salsinha, cebolinha, hortelã, manjericão… Qualquer tempero fresco que a gente usa só um pouquinho pra cozinhar vai estragar antes de acabar. Não importa o quanto a gente se empenhe, a salsinha sempre estraga.

carne

5 Não adianta pensar na comida só na hora de comer

E não estou falando do tempo que leva para cozinhar não, mas daquele tempo enorme que as coisas levam pra descongelar. Se vou voltar pro almoço depois do trabalho, tenho que tirar tudo que vou precisar do congelador de manhã, antes de sair. Já almocei algumas vezes às 17h por chegar cheia de fome às 13h e não ter nada descongelado.

Essas são cinco coisas que aprendi nesses meses, me deixem nos comentários as descobertas de vocês também.

Me sigam no Instagram (@juliakubrusly) e curtam a página do Facebook. Pra receber os posts no e-mail, se inscrevam no blog.

PS. Não foi fácil arrumar lugara para as fotos, para onde olho só vejo caixas.

Beijos

 

Rexona Clinical

Oi gente,

Hoje quero contar pra vocês sobre um produto que estou usando há algum tempo e adorando, o desodorante Rexona Clinical.

rexona

Nem sempre, nesse mundo de blogs de beleza, se fala muito em desodorante, parece ser um pouco um tabu, mas não devia, né, é algo que usamos todos os dias. Eu não era exigente com desodorantes, usava qualquer um que o cheiro me agradava. Nunca fui de suar muito, mesmo no calor intenso, então me preocupava bem pouco.

Mas, de uns meses para cá, comecei a sentir que, embora eu suasse pouco, os desodorantes que eu usava não estavam segurando o cheiro. Eu não suava, mas bastava sair por algumas horas que podia perceber o cheiro. Mudei de marca e cheiro algumas vezes, mas não adiantava.

Desodorante saindo

Desodorante saindo

Já tinha ouvido falar desse Rexona, mas como é indicado para quem transpira mais que o normal, nunca tinha pensado em usar. Quando comecei a ter esse problema resolvi experimentar. Ele é bem mais caro que um desodorante aerosol normal, custa cerca de R$25. É em creme, daqueles que você vai girando embaixo e o creme sai em cima.

Depois de comprar esse desodorante meus problemas terminaram, nunca mais me senti desprotegida, não importa a roupa que eu uso. Para quem se incomoda com o cheiro ou suor excessivo, certamente ele dará conta.

Parte de baixo que gira. Gira embaixo, o produto sai em cima.

Parte de baixo que gira. Gira embaixo, o produto sai em cima.

Mas nem tudo é perfeito. O desodorante gruda mesmo na pele, parece até que faz uma película impermeável e demora um pouco pra sair, mesmo com sabonete. Claro que é só questão de passar mais sabonete e esfregar bastante. Eu gosto sempre de esfregar até sair, se não fico com aquela sensação de acúmulo eterno de produto e uma camada de desodorante sendo passada por cima da outra.

Fora esse trabalhinho a mais pra tirar o produto, ele é muito bom e foi totalmente aprovado.

Me segue no instagram (@juliakubrusly) e curta a página do Facebook. Se quiser receber os posts no seu e-mail, segue o blog.

Beijos

Mudança

Oi gente,

Desde que vim pra Floripa a gente já pensava em mudar de apartamento. A ideia era ir para um maior, de dois quartos, já que esse aqui ficou apertado quando cheguei.

caixas

Bom, finalmente temos o contrato assinado e vamos começar essa nova etapa. Até Setembro do ano passado eu nunca tinha me mudado, mas do Rio pra Floripa eu não fiz mudança de verdade com caixas, móveis e caminhão, vim trazendo minhas coisas em malas. A cada vez que vou ao Rio visitar, trago algo, cada um que vem me ver, traz algo também. Será minha primeira mudança séria.

Foto: Pinterest

Foto: Pinterest

vidros de mantimentos

Fonte: pinterest

Como será uma novidade completa pra mim vou compartilhar com vocês as etapas dessa nova fase. Podem esperar posts sobre a mudança e também sobre decoração, tenho vários planos. Vou tentar fazer alguns DIY também. Vai ser tudo feito bem devagar, primeiro vamos comprar as coisas mais necessárias e, aos poucos, vamos deixando tudo do nosso jeito.

Foto: Pinterest

Foto: Pinterest

Como serão dois quartos, um deles deve se tornar meu escritório, já tenho várias ideias, conforme for montando tudo, mostro pra vocês. Já comecei a encaixotar algumas coisas, como eu não fiz mudança pesada, tenho bem pouca coisa pra encaixotar, são principalmente livros e alguns poucos filmes. Roupas devem ir em malas, assim como maquiagens, pois tenho medo que quebrem. Vamos nos mudar para o bairro vizinho, então, para as coisas frágeis, posso fazer diversas vezes o trajeto entre a casa atual e a nova sem muitos problemas.

Foto: Pinterest

Foto: Pinterest

Foto: Pinterest

Foto: Pinterest

Esse foi o primeiro post de uma nova série, espero que vocês gostem.

Para acompanhar tudo ao vivo me sigam no Instagram (@juliakubrusly). Curtam a página no Facebook e sigam o blog para receber os posts novos no e-mail.

Beijos

Pão fresquinho sempre – Panificadora Multi Pane

Oi gente,

Se tem uma coisa que a gente come aqui em casa é pão, uma pão de forma não dura quase nada por aqui. Eis que na páscoa ganhamos uma máquina que mudou nossa relação com o pão. A panificadora Multi Pane 2 da Britânia.

panificadora

É uma máquina sensacional de fazer pão. É tudo tão simples e você pode ter pão quentinho na hora que quiser. É uma máquina que faz o pão por você, você coloca os ingredientes lá dentro, aperta uns botões e espera. Daqui há algumas horas… Pão quentinho.

Ela vem com um manual que explica certinho todo o funcionamento e também traz muitas receitas diferentes pra você mudar sempre o pão que vai comer. Além da máquina, vem também um copo e uma colher de plástico que servem para medir os ingredientes. Eles recomendam que você siga rigorosamente as medidas para ter certeza que tudo vai dar certo.

pão

Pão de 600g casca em torra média

E aí é só alegria, escolhe a receita, segue as medidas, coloca os ingredientes na máquina e aperta os botões indicando o pão que você vai fazer. Agora só esperar, cada receita leva um tempo diferente, mas a máquina vai apitar pra dizer que seu pão tá pronto. Ela faz quatro tamanhos de pão, 450g, 600g, 900g e 1200g e, em algumas receitas, você pode também escolher como quer sua casca, se mais clarinha, média ou mais escura.

Pão quentinho, 600g, casca em torra média

Pão quentinho, 600g, casca em torra média

Depois que o pão fica pronto basta retirar a cestinha e desenformar o pão. Como essa cestinha sai, fica muito simples de lavar e limpar tudo. Além dela, tem que remover também o batedor, uma pecinha tipo uma hélice de uma perna só que serve para bater o pão. Ela acaba ficando dentro do pão, mas é bem simples de remover e lavar.

Oa acessórios da máquina: cestinha onde vai o pão, o batedor (meia hélice preta ao lado da cestinha), copo e colher de medida e o manual que é também livro de receitas.

Oa acessórios da máquina: cestinha onde vai o pão, o batedor (meia hélice preta ao lado da cestinha), copo e colher de medida e o manual que é também livro de receitas.

A panificadora, apesar do nome, serve também para outras receitas, além dos pães doces e salgados ela faz também bolos, tranças e diversos tipos de massa, como pizza e pão de queijo. Nestes casos você precisa tirar a massa crua da panificadora, esticar e rechear, no caso da pizza, ou fazer bolinhas, se for um pão de queijo, e assar no forno comum. Nó ainda não testamos essas receitas diferentes, estamos só nos pães por enquanto.

receitas

Ainda tem mais uma coisa muito legal, você pode programar a máquina, com até 13h de antecedência para o seu pão sair na hora que você quiser. Assim é possível ter pão quentinho logo ao acordar, basta programar para o horário desejado antes de dormir. Acordar com aquele cheiro de pão na casa toda é sensacional.

Já experimentou essa máquina? Me digam suas receitas preferidas nos comentários.

Para me acompanhar em tempo real, me siga no Instagram (@juliakubrusly). Para saber das novidades do blog, curta a página no Facebook e se inscreva no blog para receber os novos posts no seu e-mail.

Beijos

Lente 50mm f/1.8 G

Oi gente,

Quando decidimos investir um pouco mais em fotografia e comprar uma câmera DSLR, um novo mundo de consumo se abre para nós, o de lentes.

cinquentinha

Já vimos que cada lente tem uma função, existem as grandes angulares, as lentes normais e as teles, cada uma para um tipo de foto diferente. Bom, quando comprei minha câmera ela veio com a lente do kit, uma 18-55mm, f/ 3.5-5.6, uma lente bem versátil, mas também um pouco escura, não é adequada par ambientes internos mais escuros ou fotos noturnas.

Por isso me recomendaram comprar também uma 50mm f/1.8 G. É uma lente normal, o enquadramento se aproxima do que enxergamos. Ela é muito recomendada e querida por ser pequena, relativamente barata e bem acabada, muito mais bem acabada do que a lente do kit, dá pra ver pelo peso, o encaixe de metal e toda a construção.

Foto tirada em ambiente interno com o fundo desfocado.

Foto tirada em ambiente interno com o fundo desfocado.

Além disso, ela tem f/1.8, o que permite tirar foto com pouca luz e fazer aquele fundo desfocado com muita facilidade. É uma boa lente f/1.8, que realmente entra bastante luz, já que não adianta nada o anel fazer f/1.8, mas a qualidade do vidro ser ruim e roubar luz na foto. Também tem bastante definição e nitidez. Por ser uma lente fixa (não ter zoom), ela não é tão versátil, mas é pequena e barata em comparação com outras lentes.

Eu gosto muito dela e acho que foi uma grande compra. Quando preciso escolher apenas uma lente e quero carregar pouco peso, é ela que levo.  Se forem investir nessa lente, só tomem cuidado para comprar a versão certa, a G faz foco automático com todas as DSLR, a D, embora seja mais barata, só faz foco automático em câmeras que possuem o motor de foco (em geral câmeras mais caras e profissionais). O preço vai variar bastante de acordo com a loja, eu sempre entro na BH Photo & Video para ter uma noção do preço no exterior. Nessa loja a 50mm f/1.8 G está U$216,95 e a D U$104,95, pouco mais de U$100 de diferença.

Foto tirada de noite com o fundo desfocado.

Foto tirada de noite com o fundo desfocado.

Quais equipamentos fotográficos você acha indispensáveis?

Para me acompanhar em tempo real, me siga no Instagram (@juliakubrusly). Para saber das novidades do blog, curta a página no Facebook e se inscreva no blog para receber os novos posts no seu e-mail.

Beijos

Refletindo – Consumismo

Oi gente,

Já falei algumas vezes que acompanho muitos blogs, um blog indica outro e vou somando mais e mais endereços à minha lista.

batons

Mas do mesmo jeito que eu acrescento novos blogs também faço limpas periódicas. Os motivos pelos quais sigo ou deixo de seguir um blog variam muito, inclusive dependendo do assunto tratado, modo de escrever, fotos, etc. Mas tem uma coisa que eu definitivamente gosto muito. Quando o blog ultrapassa seu próprio assunto, transborda, e trata de outros tópicos importantes e relevantes pro público alvo. Por exemplo, um blog de maquiagem e beleza tratar de autoestima, ditadura da moda ou da magreza, machismo, etc.

Sei que às vezes os leitores não gostam, principalmente quando são assuntos mais polêmicos, mas eu adoro, é algo que me faz querer acompanhar cada vez mais um blog. Pois é, mas embora eu goste, nunca fiz nada parecido por aqui.

Eu tenho muitos posicionamentos e opiniões, mas não sou de falar deles na Internet, principalmente pelo desgaste que as brigas e discussões virtuais geram, mas refleti muito a esse respeito e não acho razoável eu deixar de abordar assuntos que me fazem, justamente, gostar ainda mais de outros blogs.

armário

E o primeiro post que quero fazer tem relação exatamente com esse mundo de blogs de beleza e acompanhar vários blogs. Estou me focando nesse nicho, pois é o que mais acompanho e observo.

Já tem um tempo que ser blogueiro virou profissão, muitas pessoas ganham muito bem com isso e nos blogs de beleza a gente está sempre conhecendo uma nova base, um hidratante milagroso ou o shampoo que vai atender aos nossos pedidos. Pois é, é um apelo muito grande ao consumo, sempre. Na nossa sociedade o apelo ao consumo é muito forte (não tanto quanto em Admirável mundo novo, mas é), sempre precisamos estar comprando algo novo, conhecer os lançamentos e adquirir novidades. Isso sem contar os publieditoriais que são propagandas de fato.

Eu nunca fui uma pessoa muito consumista, nunca comprei roupa todo mês ou precisei de uma roupa nova pra sair, sempre estive no time de quem economiza mais. Claro que tem dias que vou a várias lojas e quero comprar muitas coisas, mas não é algo que acontece com frequência. Houve dois momentos na minha vida que eu me tornei realmente mais consumista, uma época eu comprava muitos sapatos, não chegava a comprar um par todo mês, mas adquiria muito mais sapatos do que eu realmente usava. Ainda mais porque eu sou do tipo que quando ama uma roupa, repete infinitamente, enquanto as outras ficam no armário.

tênis

Outra época foi assim que comecei a comprar maquiagem. Não estou me comparando com as blogueiras e pessoas que mostram coleção de maquiagem com dez bases, mas eu tinha umas quatro abertas, pra quê? Bom, como sou uma pessoa, em geral, bem controlada, assim que percebo o exagero paro com ele, espero as quatro bases acabarem e só vou comprar uma nova quando eu realmente precisar. Mas acabei juntando, tanto sapatos, quanto maquiagens demais. Me desfiz de muita coisa, mas sinda guardei bastante.

Mas eu sei que a maior parte das pessoas não é muito controlada não, principalmente na nossa sociedade que a todo momento parece estar te mandando comprar algo novo. E os blogs entram nessa, o tempo todo mostrando os novos lançamentos e te fazendo desejar um monte de produtos que você não precisa de fato. Eu adoro saber das novidades e montar wishlists, mas reflito muito antes de comprar, vejo se não tenho nada parecido, se preciso daquilo, é bem raro eu comprar algo por impulso. Ok, acabei de fazer um post sobre uma paleta de sombras que eu comprei só pela embalagem, mas te digo, foi uma compra bem pensada e com muita consciência.

Quer dizer, eu não acho que você deve se limitar a comprar apenas o que é útil, mas acho que você deve refletir antes de adquirir qualquer coisa. A gente trabalha um monte, ganha o suado dinheirinho e quer compra coisas, normal. Só tem que tomar cuidado para não sair comprando loucamente tudo que achar legal e sair se endividando, ou ficando sem espaço em casa pelo tanto de coisa acumulada (que você nem usa), além de todo o lixo que você gera. Dinheiro é feito para ser usado sim, mas eu prefiro o uso consciente (e cada um sabe de si), gosto de investir naquilo que realmente vou usar e vai me trazer feliz. Ao invés de gastar em cinco bases, prefiro passar um fim de semana viajando, economizar pra uma casa, carro ou o que for o seu sonho. Consuma de forma consciente, fique satisfeito com suas aquisições e me contem o que acham nos comentários.

Para acompanhar meu dia a dia, me sigam no Instagram (@juliakubrusly). Curtam também a página do Facebook e, se quiserem receber os posts novos por e-mail, sigam o blog.

Beijos

Entendendo a numeração das tintas de cabelo

Oi gente,

A primeira vez que pintei o cabelo eu já tinha 21 anos e não entendia nada de tintas de cabelo.

laranja

Eu queria um ruivo, um ruivo avermelhado e não muito aceso. Fui na farmácia, olhei as opções e acabei escolhendo uma. Escolhi pela foto da caixinha mesmo. Alguns meses depois eu descobri que, bem mais importante que a foto era o número escrito.

Pois é, aquele número não está ali a toa, ele indica a cor da tinta. Mas olhar a foto é tão mais fácil, por que aprender a entender os números? Porque os números são bem mais precisos. A foto vai indicar um resultado esperado, mas, em geral, aquele não vai ser o resultado real no seu cabelo. Mas com os números você vai entender realmente o que está passando no cabelo.

Em geral os números possuem um ponto, por exemplo, existe a cor 6.0, 8.4 ou 9.3. O número antes do ponto pode ir de 1 a 12 e indica o quão clara ou escura é a cor escolhida. O 1 é a cor mais escura (preto profundo) e o 12 a mais clara (louro ultra claríssimo). Algumas marcas não colocam esse ponto, mas de qualquer jeito, o primeiro número (ou dois primeiros números no caso de tintas 10, 11 ou 12) indicam a tonalidade, preto, castanho ou louro.

cor de cabelo

Dá pra ver que esse padrão é um pouco mais escuro do que o que a gente está acostumado. Olha pro número 6, ele é chamado de louro escuro, mas pra gente ainda é castanho, né? O castanho escuro, 3, na prática fica preto (mas um preto mais natural, menos intenso que os tons 1 ou 2. Então recomendo que você compre a tinta um número a mais em relação ao resultado que você espera. Se quer um castanho escuro, ao invés de escolher o 3 (castanho escuro), pega o 4 (castanho médio), se quer um louro médio, compra o 8 (louro claro) e não o 7 (louro médio).

Ótimo, temos aí os cabelos pretos, castanhos e louros. Cadê os ruivos? Os ruivos não são uma tonalidade, mas um reflexo. Um ruivo pode ser bem escuro ou bem claro, mas todos têm o reflexo mais vermelho ou laranja. Aí que entra o número após o ponto, eles indicam o reflexo, a nuance. Por exemplo, existem diversos tipos de louros, aqueles com reflexo acobreado, avermelhado, dourado, acinzentado… São os números após o ponto que vão definir qual o reflexo.

Pode acontecer também da tinta ter dois números após o ponto, 6.35 ou 7.44, por exemplo. O primeiro número indica o reflexo principal, o segundo, o reflexo secundário, mais fraco. Se o número se repete (como em 7.44), indica que o reflexo é mais forte, intenso. Olha o que cada número significa.

reflexos

Os números dos reflexos muitas vezes mudam de acordo com a marca, então recomendo que você olhe no site ou na descrição das tintas para ter certeza. A marca Igora, por exemplo, usa o número 7 para reflexos acobreados. Algumas marcas usam também o número 9 para reflexos esverdeados ou mate.

Agora achou os ruivos? Estão nos reflexos acobreados (ruivos mais laranjas, mais naturais), avermelhados (tipo Ariel, a pequena sereia) ou acaju (em geral nas cores mais escuras, muitas vezes o reflexo fica quase roxo).

Então, quando pegamos uma tinta na farmácia ou perfumaria olhamos os números, a tinta 6.0 é um louro escuro natural, pois 6 é louro escuro e 0 é sem reflexo, natural. A cor 8.4 é um louro claro acobreado, já que o 8 é o louro claro e o reflexo 4 é acobreado. Um 3.55 é um castanho escuro acaju intenso, já que o reflexo acaju aparece repetido. Essa cor, 3.55 vai ter um reflexo mais intenso do que uma 3.5 (castanho escuro acaju). O 9.34 é um louro muito claro dourado acobreado, o reflexo dourado é mais forte que o acobreado. Já um 9.43 é o oposto, um louro muito claro acobreado dourado, o reflexo acobreado fica mais forte.

No início parece um pouco confuso, se precisar, salve as figuras para consultar sempre, mas com o tempo você vai se acostumando e aprendendo.

Não se esqueçam de me acompanhar no Instagram (@juliakubrusly), curtir a página do Facebook e seguir o blog assim vocês recebem todos os posts novos direto no e-mail.

Beijos