Assinatura RSS

Low poo

Oi gente,

Vocês já ouviram falar de low poo? Eu sigo essa técnica há alguns meses, vem conhecer e ver o que eu acho.

cabelo

Já contei pra vocês como foi minha saga platinada, depois desse dia da primeira descoloração (que na verdade foram duas seguidas) ainda retoquei minha raiz duas vezes. Depois do primeiro retoque senti que meu cabelo estava mais frágil, principalmente na parte da franja, onde sempre fico passando a mão, e decidi que tinha que mudar os cuidados. Intensifiquei a queratina e a umectação e decidi também aderir ao shampoo sem sulfato.

Eu já tinha ouvido falar bastante de low poo e no poo, mas como tenho o cabelo oleoso, nunca achei que a técnica realmente funcionaria para mim. Com o cabelo bem mais frágil, decidi tentar. O low poo é uma técnica que visa diminuir a agressão causada pelos shampoos (low é pouco em inglês e poo é de shampoo). Pra tentar diminuir os danos existem alguns produtos que a gente evita, o sulfato dos shampoos e derivados de petróleo nos cremes (seja condicionador, máscara, óleo, creme de pentear…).

Mas por que eu deixaria de usar sulfato e derivados do petróleo? Bom, lá no post sobre shampoo eu falei um pouco que o shampoo sem sulfato agride menos o cabelo, então escolher não usar o sulfato é para o cabelo ficar mais saudável. Além da sujeira e oleosidade, o shampoo com sulfato tira também outros componentes do cabelo, deixando os fios mais fracos e com menos nutrientes. No momento em que comecei o low poo eu já estava com os cabelos bem fracos, não havia nenhuma necessidade de fazer nada que enfraquecesse ainda mais.

Meu time de produtos, que vocês já conhecem. Todos liberados.

Meu time de produtos, que vocês já conhecem. Todos liberados.

E por que abandonar os derivados do petróleo? O óleo mineral que aparece em muitos cosméticos de cabelo não traz nenhum benefício aos fios, apenas fica depositado ali e pode até dar uma cara mais bonita pro seu cabelo, mas é como maquiagem, pode disfarçar as imperfeições, mas não vai cuidar e nem melhorar de verdade seu cabelo. Ele é muito usado por ser muito barato (bem mais barato que óleos vegetais) e dar essa boa aparência. Pra nutrir usamos óleos vegetais, esses sim ajudam na saúde dos fios.

Tá, o óleo mineral não ajuda e é só uma maquiagem, mas também não danifica, qual o problema? Se você usa shampoo com sulfato não há nenhum problema, mas no caso do low poo só usamos sem sulfato, lembra? Pois é, o shampoo sem sulfato não é eficiente para retirar os derivados de petróleo, então aquele óleo mineral vai ficar se acumulando no seu fio, o acúmulo, além de deixar seu cabelo mais pesado e sem brilho, impede que os nutrientes que você coloca no cabelo realmente penetrem e tratem. Ele forma como uma película que blinda o cabelo. Então na verdade os derivados do petróleo só não são permitidos porque não conseguimos limpar adequadamente quando evitamos o sulfato.

Tem que conferir os sprays também!

Tem que conferir os sprays também!

Essa técnica é muito divulgada para pessoas com cabelos cacheados ou crespos que, em geral, sofrem mais com o ressecamento, mas eu tenho cabelos bem lisos e oleosos e pra mim tem dado certo. Não só na época em que eu estava com os cabelos bem descoloridos e ressecados, mas agora também, que a maior parte do meu cabelo já é natural, ele continua bem saudável. E o que é melhor, como não uso derivados de petróleo tenho certeza que essa é a forma verdadeira dele, não apenas maquiagem.

E como começar a técnica? Pra começar você vai precisar ler os rótulos dos produtos que tem em casa (ou procurar listas de produtos permitidos na Internet) e ver o que é ou não adequado ao low poo. Nos shampoos você deve procurar por esses componentes:

sulfatos

Esses são os sulfatos, portanto, proibidos. Se você achar qualquer um desses componentes na fórmula, o shampoo não serve para low poo. Eu uso o shampoo de Jaborandi da Phytoervas, limpa bem sem agredir. No restante dos produtos (cremes, óleos, sprays, etc) você deve procurar apenas o óleo mineral, ele pode vir sobre vários nomes:

derivados de petróleo

Se algum dos nomes acima estiver presente, o produto não serve para o low poo. Depois de classificar tudo em casa você pode comprar o que está faltando e partir pra técnica. Lave uma última vez seu cabelo com um shampoo com sulfato e a partir daí só deverá usar produtos sem derivados de petróleo e shampoos sem sulfato. Pode ser que seu cabelo demore alguns meses para se acostumar aos novos produtos, não desista e vá mudando o que você usa até achar produtos que realmente deem certo nos seus cabelos. Aqui tem o que eu estou usando nos meus cabelos. Mas também não torne essa técnica uma obrigação, quer usar óleo mineral, usa, só lembra de usar um shampoo com sulfato depois. Quer desistir, desiste. Cuidar dos cabelos deve ser algo legal, não um sofrimento.

Aqui os rótulos do shampoo Phytoervas e do Yamasterol amarelo

Aqui os rótulos do shampoo Phytoervas e do Yamasterol amarelo

Pra espaçar mais as lavagens existem algumas técnicas, como o co-wash, e existe também outra técnica que é o no poo, mas falo disso em um próximo post. Deixem nos comentários a experiência de vocês e me recomendem produtos.

Pra me acompanhar, sigam meu Instagram e curtam a página do Facebook. Pra receber os posts direto no seu e-mail, se inscreva no Blog. Já somos 50 inscritos, viram?

Beijos

Anúncios

»

  1. Pingback: No poo e co-wash | Isso, aquilo e tal

  2. Pingback: Neutrox clássico | Isso, aquilo e tal

  3. Pingback: Atualizando meu cronograma capilar | Isso, aquilo e tal

  4. Pingback: Super óleo 8 – Garnier | Isso, aquilo e tal

  5. Pingback: Shampoo Eh! – Volume de dar inveja | Isso, aquilo e tal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: