Assinatura RSS

Refletindo – juventude

Oi gente,

Foi uma conversa no trabalho que me deu ideia pra esse post. Alguém estava falando de cabelos brancos, não lembro exatamente o que, mas era algo sobra a maioria das mulheres não ficarem bem de cabelos grisalhos ou brancos, apenas algumas, estilosas, podiam se dar a esse luxo. O resto, pobres mortais, eram obrigadas a pintar.

Rita Lee

E aí fiquei pensando, não apenas sobre os cabelos brancos, mas sobre todo esse medo de envelhecer. E não estou falando de doenças, perda de visão e audição, fragilidade dos ossos, perda dos movimentos… Estou falando de rugas, veias aparentes, pele mais flácida, mais enrugada, sinais dos anos, sinais comuns.

Pois é, as pessoas fazem de tudo para esconder a idade, pintam os cabelos, gastam fortunas em cremes, cirurgias plásticas, botox… e para mim isso é tudo bem estranho. Me lembro de, quando eu era criança, perguntar a idade da minha avó e ela dizer que era segredo. Para mim aquilo era muito estranho, eu não entendia por que alguém teria vergonha de dizer a idade. Fui crescendo e aprendendo que, para muitos, o passar dos anos era terrível. Vejo algumas amigas minhas tristes quando chega o aniversário pela simbologia da passagem do tempo, outras planejando as futuras plásticas ou fazendo modificações no cabelo para disfarçar os primeiros fios brancos.

Eu não sou contra mudanças, pelo contrário, sempre estou com um corte diferente e adoro trocar a cor do cabelo, mas a questão é o motivo, o que te leva a mudar. O que me leva a mudar é a vontade de experimentar uma cor nova, um cabelo diferente, mas nunca a vontade de negar a mim mesma, nunca quis fingir que eu era ruiva (ou loura) natural, nunca quis fingir que o tempo não passou para mim.

mão velha

Não sei se minha percepção tem a ver com eu ter sido criada dessa forma, nunca vi no tempo, na velhice, um problema, minha mãe nunca pintou os cabelos (e nunca quis que eu pintasse), envelhecer é apenas algo natural que acontece com todos, não vejo nenhum motivo pra não ver beleza em todas as fases da vida, inclusive nas rugas.

Enquanto escrevia esse post lembrei muito de uma reportagem bem antiga sobre a atriz Betty Faria que, aos 72 anos, estava de biquíni na praia (só jogar no Google, Betty Faria biquíni). Foi bem polêmico, muita gente achou um absurdo ela expondo o corpo, que não é mais jovem, na praia. Gente, praia, ela tinha mais era que estar de biquíni mesmo, ou melhor, ela tinha que estar como se sentisse melhor (e na praia eu acho biquíni uma roupa super adequada).

Enfim, vamos refletir um pouco sobre esse medo enorme da velhice, esse desespero por aparentar ser jovem, vamos ver beleza nas rugas também. E nada de dizer que “para a sua idade, você está muito bonita” porque a pele ainda e lisinha. Isso é só mais uma forma de dizer que a velhice é feia e a pessoa só é bonita porque ainda conserva traços da juventude.

velha

Sim, meu post foi todo voltado para as mulheres e cheio de referências femininas. Não é que os homens não sofram com essa ditadura da juventude, todos sofrem, mas não vamos negar que as mulheres sofrem mais. Não quero me estender nesse assunto, mas basta comparar a quantidade de atores que não pintam o cabelo (e se tornam grisalhos charmosos) e não fizeram plásticas ou botox com as mulheres com a mesma atitude, são bem poucas as que se assumem grisalhas.

Deixem a opinião de vocês nos comentários, vamos continuar essa discussão.

Fotos: Google

Me sigam no Inatagram (@juliakubrusly) e curtam a página do Facebook. Se quiser receber todos os posts novos no seu e-mail, sigam o blog.

Beijos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: